THYMOVAR

Portugal - português - DGAV (Direção Geral de Alimentação e Veterinária)

Compre agora

Ingredientes ativos:
Timol 15.0 g
Disponível em:
Andermatt BioVet GmbH
Código ATC:
QP53AX22
DCI (Denominação Comum Internacional):
Thymol
Forma farmacêutica:
Tira para colmeias
Via de administração:
Não aplicável
Tipo de prescrição:
MSRMV - Medicamento Sujeito a Receita Médico-Veterinária
Grupo terapêutico:
Abelhas do mel (Apis mellifera)
Área terapêutica:
Timol
Resumo do produto:
Intervalo de Segurança: Mel (abelhas) - 0 dias. Não utilizar antes ou durante a cresta. Não extrair favos tratados da câmara de nidificação na Primavera seguinte.; ; Embalagem(s) - 2 unidade(s) (saquetas, cada saqueta contém 2x5 placas) 083/01/08RFVPT Autorizado Sim
Número de autorização:
083/01/08RFVPT

Leia o documento completo

Direção Geral de Alimentação e Veterinária – DGAMV

Última revisão do texto em janeiro de 2020

Página 1 de 14

ANEXO I

RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO

1. NOME DO MEDICAMENTO VETERINÁRIO

THYMOVAR; 15g placa para colmeia de abelhas do mel

2. COMPOSIÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA

Cada placa de colmeia contém:

Substância ativa: 15 g de timol

Para a lista completa de excipientes, ver secção 6.1.

3. FORMA FARMACÊUTICA

Placa para colmeia.

Tela esponjosa de celulose medicada (placa de pasta seca amarela de 50 x 145 x 4,3 mm)

4. INFORMAÇÕES CLÍNICAS

4.1 Espécie(s)-alvo

Abelhas do mel (Apis mellifera)

4.2 Indicações de utilização, especificando as espécies-alvo

Tratamento da varroose em abelhas do mel (Apis mellifera) causada pelo ácaro Varroa (Varroa

destructor).

4.3 Contraindicações

Não

utilizar

quando

temperatura

máxima

durante

encontra

acima

dos

30ºC.

4.4 Advertências especiais para a espécie-alvo

Não existem.

4.5 Precauções especiais de utilização

Precauções especiais para utilização em animais

Se aplicado imediatamente antes ou durante a colheita do mel, os resíduos no mel podem aumentar.

Se a temperatura média exterior for inferior a 15ºC, não se pode esperar uma eficácia suficiente.

Todas as colónias do mesmo apiário (local) devem ser tratadas em simultâneo para evitar roubos.

Nunca colocar placas para colmeia perto de um comedouro de açúcar, uma vez que esse facto pode

reduzir a alimentação.

Não aplicar se a temperatura exterior exceder os 30ºC. O tratamento com temperaturas acima dos

30ºC conduz a aumento de stress e mortalidade nas abelhas adultas e larvas e ninfas.

Direção Geral de Alimentação e Veterinária – DGAMV

Última revisão do texto em janeiro de 2020

Página 2 de 14

Precauções especiais a adotar pela pessoa que administra o medicamento aos animais

Deve ser evitado o contacto direto com a pele e com os olhos, devido à possibilidade de dermatite por

contacto e irritação da pele e dos olhos. Em caso de contacto com a pele, lavar totalmente a área

afetada com água e sabão. Em caso de contacto direto com os olhos, lavar completa e cuidadosamente

com uma grande quantidade de água corrente limpa e procurar ajuda médica.

Durante o manuseamento e administração do medicamento devem ser utilizadas luvas impermeáveis

e equipamento de proteção individual específico de apicultura.

Não

tratar

durante

colheita

para

evitar

potencial

contaminação

sabor.

4.6 Reações adversas (frequência e gravidade)

Pode ocorrer que as abelhas retirem comida diretamente debaixo da placa. Larvas e ninfas que

estejam muito próximas da placa (< 4 cm) serão também removidas.

Em altas temperaturas (acima dos 30ºC) pode ocorrer ligeira agitação da colónia e um leve aumento

na mortalidade das larvas e ninfas e das abelhas adultas durante o tratamento.

Pode ocorrer uma reduzida aceitação de alimento, se as abelhas forem alimentadas ao mesmo tempo

do tratamento.

4.7 Utilização durante a gestação, a lactação e a postura de ovos

Não aplicável.

4.8 Interações medicamentosas e outras formas de interação

Não existe informação disponível.

4.9 Posologia e via de administração

Posologia

Sistema de colmeia

Placa de esponja de Thymovar

Primeira aplicação

Segunda aplicação

De vários andares (1 câmara)

De vários andares (2 câmaras)

Dadant

1 ½*

1 ½*

*As placas de esponja podem cortar-se com tesouras.

Figura 1: Colocação correta das placas do medicamento numa colmeia vista de cima

Colmeia de vários

Colmeia de vários

Dadant

andares

andares

Uma câmara

Duas câmaras

BBRO

½

½

½

½

½

Brut

Brood

½

Brut

Brood

½

½

½

½

Brut

Brood

Direção Geral de Alimentação e Veterinária – DGAMV

Última revisão do texto em janeiro de 2020

Página 3 de 14

Administração

Assim que se retiram os quadros das alças superiores, a primeira aplicação tem lugar através da

colocação de 1 a 2 placas de medicamento em cima dos quadros da câmara de nidificação. Como

demonstrado nas figuras e tabela anteriores, o número de placas deve ser adaptado ao tamanho da

colmeia. No caso das colmeias múltiplas (2 câmaras de nidificação) as placas de medicamento são

colocadas sobre os quadros da câmara de nidificação superior. As placas devem ser colocadas na

proximidade, mas não diretamente sobre favos de nidificação abertos ou operculados (distância

recomendada > 4 cm). Assegurar-se de que existe um espaço livre de pelo menos 5 mm entre as

placas de medicamento e a cobertura. Fechar a colmeia como usualmente. Fechar todos os furos ou

buracos abertos na base ou plataforma da colmeia.

Remover as placas de medicamento 3 a 4 semanas depois (21 a 28 dias depois) e colocar novas placas

para uma segunda aplicação. Removê-las após 3 a 4 semanas (21 a 28 dias).

Não tratar com medicamento mais que duas vezes no período de 1 ano.

Temperatura

Ocorre uma redução da eficácia do produto se as temperaturas médias caírem abaixo dos 15ºC

durante o tratamento. A melhor eficácia é alcançada quando as temperaturas máximas de dia estão

entre os 20ºC e os 25ºC durante o tratamento.

Gestão integrada de pragas

A eficácia pode variar entre colónias devido às condições ambientais (temperatura, reinfestação, etc.).

O medicamento deverá assim ser utilizado entre outros ao abrigo de um programa de Gestão

Integrada de Pragas, e a morte dos ácaros regularmente monitorizada. Colónias com uma morte de

ácaros média superior a 1 ácaro por dia, duas semanas logo a seguir ao último tratamento com

medicamento, necessitam de ser sujeitas a um tratamento anti-varroa adicional invernal ou primaveril

(preferencialmente com outro princípio ativo).

4.10 Sobredosagem (sintomas, procedimentos de emergência, antídotos), se necessário

Sintomas:

A utilização de uma dosagem superior à recomendada pode provocar comportamento exaltado da

colónia. Poderão eventualmente encontrar-se abundantes abelhas e larvas mortas (>20) em frente à

entrada da colmeia.

Procedimentos de emergência:

Remover placas de medicamento em excesso da colmeia.

4.11 Intervalo(s) de segurança

Mel: zero dias.

Não utilizar antes ou durante a cresta.

Os favos de nidificação, que estejam presentes quando a colónia for tratada com medicamento, não

devem ser extraídos na Primavera seguinte.

5. PROPRIEDADES FARMACOLÓGICAS

Grupo farmacoterapêutico: Ectoparasiticida para uso tópico

Código ATCvet: QP 53 AX 22

5.1 Propriedades farmacodinâmicas

O timol é um fenol e ocorre naturalmente na fração óleo essencial de muitas espécies de plantas

Direção Geral de Alimentação e Veterinária – DGAMV

Última revisão do texto em janeiro de 2020

Página 4 de 14

aromáticas. O seu mecanismo exato de ação não está completamente compreendido. Pode atuar

diretamente sobre o ácaro por inalação ou difusão, lesando estruturas em diferentes locais não

identificados (o sistema nervoso do ácaro pode ficar afetado).

Através de volatilização a partir da placa de medicamento, o timol satura o ar dentro da colmeia. O

timol é inalado ou absorvido através de um mecanismo desconhecido no ácaro varroa e lesa o ácaro.

Uma concentração superior a 5 μg de timol / l de ar na colmeia mata os ácaros comensais nas abelhas

do mel.

5.2 Propriedades farmacocinéticas

A farmacocinética do timol em abelhas não é conhecida.

Distribuição e eliminação na colmeia

As 15 g de timol por placa de medicamento são sublimadas durante um período de 3 a 4 semanas (21

a 28 dias). A sublimação apropriada do timol ocorre a temperaturas entre os 15ºC e os 30ºC.

Após a remoção das placas, o timol vaporizado residual é reciclado pela substituição natural de ar na

colónia. Qualquer resíduo na cera dos favos será rapidamente libertado.

5.3 Impacto ambiental

Sendo uma substância natural, o timol é rapidamente metabolizado e naturalmente decomposto no

ambiente.

6. INFORMAÇÕES FARMACÊUTICAS

6.1 Lista de excipientes

Tela esponjosa de celulose

6.2 Incompatibilidades principais

Não aplicável.

6.3 Prazo de validade

Prazo de validade do medicamento veterinário tal como embalado para venda: 4 anos.

Prazo de validade após a primeira abertura do acondicionamento primário: todas as placas de

medicamento veterinário do pacote devem ser imediatamente utilizadas e não podem ser armazenadas

para uso posterior.

6.4 Precauções especiais de conservação

Conservar a temperatura inferior a 30 °C.

Não refrigerar ou congelar. Evitar a congelação.

Proteger da luz solar direta.

6.5 Natureza e composição do acondicionamento primário

Dupla saqueta selada em vácuo (160 x 460 mm) com folha de PE coberta de SiOx, cada saqueta

contendo duas vezes cinco placas de medicamento veterinário.

6.6

Precauções especiais para a eliminação de medicamentos veterinários não utilizados

ou de desperdícios derivados da utilização desses medicamentos

Qualquer medicamento veterinário não utilizado ou os seus desperdícios devem ser eliminados de

acordo com os requisitos locais.

As placas e os pacotes de medicamento veterinário podem ser descartados como lixo doméstico.

Direção Geral de Alimentação e Veterinária – DGAMV

Última revisão do texto em janeiro de 2020

Página 5 de 14

Medicamento não deve ser eliminado nos cursos de água, porque pode constituir perigo para peixes e

outros organismos aquáticos.

7.

TITULAR DA AUTORIZAÇÃO DE INTRODUÇÃO NO MERCADO

Andermatt BioVet GmbH

Franz-Ehret-Str. 18

79541 Lörrach

Alemanha

8.

NÚMERO(S) DA AUTORIZAÇÃO DE INTRODUÇÃO NO MERCADO

083/01/08RFVPT

9.

DATA DA PRIMEIRA AUTORIZAÇÃO/RENOVAÇÃO DA AUTORIZAÇÃO

11 de junho 2008 / junho 2011.

10.

DATA DA REVISÃO DO TEXTO

Janeiro de 2020.

PROIBIÇÃO DE VENDA, FORNECIMENTO E/OU UTILIZAÇÃO

Não aplicável.

Direção Geral de Alimentação e Veterinária – DGAMV

Última revisão do texto em janeiro de 2020

Página 6 de 14

ANEXO III

ROTULAGEM E FOLHETO INFORMATIVO

Direção Geral de Alimentação e Veterinária – DGAMV

Última revisão do texto em janeiro de 2020

Página 7 de 14

A. ROTULAGEM

Direção Geral de Alimentação e Veterinária – DGAMV

Última revisão do texto em janeiro de 2020

Página 8 de 14

1. NOME DO MEDICAMENTO VETERINÁRIO

THYMOVAR: 15g placa para colmeia de abelhas do mel.

2. DESCRIÇÃO DAS SUBSTÂNCIAS ATIVAS E OUTRAS SUBSTÂNCIAS

15g de timol por placa

3.

FORMA FARMACÊUTICA

Placa esponjosa para colmeia.

Tela esponjosa de celulose medicada (placa de pasta seca amarela de 50 x 145 x 4,3 mm.)

4. DIMENSÃO DA EMBALAGEM

Saqueta dupla com 2 x 5 placas para colmeia (=10 placas para colmeia)

5.

ESPÉCIES-ALVO

Abelha do mel

6.

INDICAÇÃO (INDICAÇÕES)

Tratamento da varroose na abelha do mel

7. MODO E VIA(S) DE ADMINISTRAÇÃO

Antes de administrar, ler o folheto informativo.

8. INTERVALO DE SEGURANÇA

Mel: zero dias.

9. ADVERTÊNCIA(S) ESPECIAL (ESPECIAIS), SE NECESSÁRIO

Antes de administrar, ler o folheto informativo.

10. PRAZO DE VALIDADE

EXP: ver impressão

Depois da primeira abertura da embalagem, utilizar de imediato.

11. CONDIÇÕES ESPECIAIS DE CONSERVAÇÃO

Conservar a temperatura inferior a 30 °C.

Não refrigerar ou congelar. Evitar a congelação.

Proteger da luz solar direta.

12.

PRECAUÇÕES

ESPECIAIS

DE

ELIMINAÇÃO

DO

MEDICAMENTO

NÃO

UTILIZADO OU DOS SEUS DESPERDÍCIOS, SE FOR CASO DISSO

Eliminação: leia o folheto informativo.

13. MENÇÃO

“EXCLUSIVAMENTE

PARA

USO

VETERINÁRIO”

E CONDIÇÕES OU

RESTRIÇÕES RELATIVAS AO FORNECIMENTO E À UTILIZAÇÃO, se for caso disso

Uso veterinário

Medicamento veterinário sujeito a receita médico-veterinária.

14. MENÇÃO “MANTER FORA DA VISTA E DO ALCANCE DAS CRIANÇAS”

Manter fora da vista e do alcance das crianças.

Direção Geral de Alimentação e Veterinária – DGAMV

Última revisão do texto em janeiro de 2020

Página 9 de 14

15. NOME E ENDEREÇO DO TITULAR DA AUTORIZAÇÃO DE INTRODUÇÃO NO

MERCADO

Andermatt BioVet GmbH

Franz-Ehret-Str. 18

79541 Lörrach

Alemanha

16.

NÚMERO(S) DA AUTORIZAÇÃO DE INTRODUÇÃO NO MERCADO

083/01/08RFVPT

17.

NÚMERO DO LOTE DE FABRICO

LOT: ver impressão

Direção Geral de Alimentação e Veterinária – DGAMV

Última revisão do texto em janeiro de 2020

Página 10 de 14

B. FOLHETO INFORMATIVO

Produtos Similares

Pesquisar alertas relacionados a este produto

Ver histórico de documentos

Compartilhe esta informação