Ringer com Lactato - Labesfal Associação Solução para perfusão

País: Portugal

Língua: português

Origem: INFARMED (Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde)

Compre agora

Ingredientes ativos:

Cloreto de cálcio + Cloreto de potássio + Cloreto de sódio + Lactato de sódio

Disponível em:

Labesfal - Laboratórios Almiro, S.A.

Código ATC:

B05BB01

DCI (Denominação Comum Internacional):

Calcium chloride + potassium Chloride + sodium Chloride + sodium Lactate

Dosagem:

Associação

Forma farmacêutica:

Solução para perfusão

Composição:

Cloreto de sódio 6 mg/ml ; Cálcio, cloreto di-hidratado 0.27 mg/ml ; Lactato de sódio 3.17 mg/ml ; Cloreto de potássio 0.4 mg/ml

Via de administração:

Via intravenosa

Classe:

12.2.8 - Outros

Tipo de prescrição:

MSRM Medicamento sujeito a receita médica

Grupo terapêutico:

N/A

Área terapêutica:

electrolytes

Indicações terapêuticas:

Duração do Tratamento: Curta ou Média Duração

Resumo do produto:

Frasco para injetáveis 1 unidade(s) - 100 ml Não Comercializado Número de Registo: 9757120 CNPEM: 50129880 CHNM: 10016024 Grupo Homogéneo: N/A

Status de autorização:

Autorizado

Data de autorização:

1990-08-27

Folheto informativo - Bula

                                APROVADO EM 13-03-2020 INFARMED
Folheto Informativo: Informação para o utilizador
Ringer com Lactato – Labesfal, Solução injetável
Leia
com
atenção
todo
este
folheto
antes
de
começar
a
utilizar
este
medicamento pois contém informação importante para si.
- Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o ler novamente.
- Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro.
- Este medicamento foi receitado apenas para si. Não deve dá-lo a outros. O
medicamento pode ser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos
sinais de doença.
- Se tiver quaisquer efeitos indesejáveis, incluindo possíveis efeitos indesejáveis
não
indicados
neste
folheto,
fale
com
o
seu
médico,
ou
farmacêutico
ou
enfermeiro. Ver secção 4.
O que contém este folheto:
1. O que é Ringer com Lactato - Labesfal e para que é utilizado
2. O que precisa de saber antes de utilizar Ringer com Lactato - Labesfal
3. Como utilizar Ringer com Lactato - Labesfal
4. Efeitos indesejáveis possíveis
5. Como conservar Ringer com Lactato - Labesfal
6. Conteúdo da embalagem e outras informações
1. O que é Ringer com Lactato- Labesfal e para que é utilizado
Classificação farmacoterapêutica: 12.2.8. Corretivos da volémia e das alterações
eletrolíticas. Corretivos das alterações hidroelectrolíticas. Outros.
Código ATC: B05BB01
As soluções polielectrolíticas são utilizadas como fontes de eletrólitos e água,
para hidratação ou como agentes alcalinizantes. As soluções polielectrolíticas
contendo fontes de hidratos de carbono são utilizadas com fonte de calorias.
Assim,
as
soluções
eletrolíticas
são
utilizadas
para
corrigir
distúrbios
do
equilíbrio hidroelectrolítico. Os principais fatores envolvidos na homeostase são
a manutenção do volume sanguíneo e do equilíbrio osmótico, o equilíbrio ácido-
base e os efeitos dos iões específicos.
Os
efeitos
osmóticos
das
soluções
podem
ser
expressos
em
termos
de
osmolalidade
a
qual
é
definida
como
concentração
“molal”
em
mol
                                
                                Leia o documento completo
                                
                            

Características técnicas

                                APROVADO EM 13-03-2020 INFARMED
RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO
1 - NOME DO MEDICAMENTO
Ringer com Lactato – Labesfal, Solução injetável
2 - COMPOSIÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA
Ringer com Lactato - Labesfal
Cloreto de Sódio ............................................. 6,000g
Cloreto de Potássio ......................................... 0,40g
Cloreto de Cálcio.2H2O .................................. 0,27g
Solução Lactato de Sódio a 50% .................... 6,34g
Água para preparações injetáveis. q.b.p.........1000ml
Lista completa de excipientes, ver secção 6.1.
mEq/L:
Na+ 131
K+ 5
Ca++ 3,7
Cl- 112
Lactato 28
mOsm/L 280
3 - FORMA FARMACÊUTICA
Solução injetável.
4 - INFORMAÇÕES CLÍNICAS
4.1 - Indicações terapêuticas
As soluções polielectrolíticas são utilizadas como fontes de eletrólitos e água,
para hidratação ou como agentes alcalinizantes. As soluções polielectrolíticas
contendo fontes de hidratos de carbono são utilizadas como fonte de calorias.
Certos eletrólitos, como por exemplo o cálcio e o fosfato são também elementos
estruturais nos tecidos duros (ossos, dentes, etc.) e podem ser utilizados com
este propósito.
As soluções polielectrolíticas fornecem suplementos de eletrólitos e água, para
hidratação. As soluções polielectrolíticas contendo hidratos de carbono (glucose,
APROVADO EM 13-03-2020 INFARMED
frutose,
açúcar
invertido,
álcool)
também
fornecem
calorias;
as
soluções
contendo
precursores
de
bicarbonato
(acetato,
citrato,
lactato),
constituem
agentes alcalinizantes. As soluções polielectrolíticas podem induzir a diurese,
dependendo das condições clínicas individuais.
Cloreto de Sódio
O cloreto de Sódio é utilizado para o tratamento da depleção de volume
extracelular, desidratação e depleção de sódio.
Cloreto de Potássio
Os sais de potássio são utilizados para o tratamento de hipocaliémia e estados
de deficiência em potássio; são utilizados também profilaticamente.
A administração intravenosa pode caus
                                
                                Leia o documento completo