Lobcar

Portugal - português - DGAV (Direção Geral de Alimentação e Veterinária)

Compre agora

Ingredientes ativos:
Tetrametrina
Disponível em:
Lobato & Carvalho Lda.
Código ATC:
QP53AC13
DCI (Denominação Comum Internacional):
Tetrametrina
Forma farmacêutica:
Champô
Via de administração:
Via tópica
Tipo de prescrição:
MNSRMV - Medicamento Não Sujeito a Receita Médico-Veterinária
Grupo terapêutico:
Caninos; Felinos
Área terapêutica:
Tetrametrina
Resumo do produto:
Intervalo de Segurança: não aplicável -; ; Frasco(s) - 1 unidade(s) - 1 L 553/01/12NFVPT Revogado Não; Frasco(s) - 1 unidade(s) - 250 ml 553/01/12NFVPT Revogado Não
Número de autorização:
553/01/12NFVPT

Leia o documento completo

Direção Geral de Alimentação e Veterinária - DSMPUV

Verificado a 22 de Maio de 2012

Página 1 de 9

RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO

Direção Geral de Alimentação e Veterinária - DSMPUV

Verificado a 22 de Maio de 2012

Página 2 de 9

1.

NOME DO MEDICAMENTO VETERINÁRIO

Lobcar Shampoo antiparasitário para cães e gatos

2.

COMPOSIÇÃO QUALITATIVA E QUANTITA

Substância Ativa:

Para 100ml de shampoo

Tetrametrina 0,1%

Excipientes:

Para lista completa de excipientes ver secção 6.1.

3.

FORMA FARMACÊUTICA

Shampoo

4.

INFORMAÇÕES CLÍNICAS

4.1

Espécie(s) alvo

Cães e gatos

4.2

Indicações de utilização, especificando as espécies alvo:

Tratamento de parasitoses externas cães e gatos, causadas por pulgas (Ctenocephalides canis; C.

felis; Pulex irritans) e piolhos (Linognathus spp ). Prevenção das infestações causadas por

carraças (Dermacentor variabilis, Otobious megnini e Rhipicephalus sanguineus).

4.3. Contra-indicações

Não administrar em animais doentes ou em convalescência.

Não administrar em animais com menos de 6 meses.

Não aplicar o medicamento veterinário em caso de hipersensibilidade á substância activa ou a

qualquer um dos excipientes.

4.4. Advertências especiais para cada espécie-alvo

As pulgas dos animais de estimação, muitas vezes infestam as camas dos animais, roupas de

cama e áreas de repouso, como tapetes e decorações, que devem ser tratados com um inseticida

adequado e aspirados regularmente.

Se os sinais da infestação persistirem, consultar um médico veterinário.

4.5. Precauções especiais de utilização

Direção Geral de Alimentação e Veterinária - DSMPUV

Verificado a 22 de Maio de 2012

Página 3 de 9

Precauções especiais para utilização em animais

Exclusivamente para uso externo.

Não engolir

Evitar o contacto com os olhos e o nariz do animal.

Este pode produzir irritação local se aplicado nos olhos ou no focinho. Lavar com água

abundante.

Precauções especiais a adoptar pela pessoa que administra o medicamento aos animais

Usar luvas ou lavar as mãos com água ensaboada após manipular o medicamento veterinário.

Não comer, beber nem fumar durante a sua manipulação.

Manter afastado dos alimentos e bebidas.

Manter fora do alcance das crianças.

Em caso de auto-administração, ingestão, derrame sobre a pele acidental, dirija-se mediatamente

a um médico e mostre-lhe o folheto informativo ou o rótulo.

As pessoas com hipersensibilidade conhecida à substância ativa devem evitar o contacto com o

medicamento veterinário, administrar o medicamento com precaução.

Não utilizar outro inseticida simultaneamente com o shampoo

Outras precauções

Para um ótimo controlo das pulgas, o medicamento veterinário deve ser utilizado como parte

integrante de um programa de controlo destinado a reduzir a população de parasitas no ambiente

do animal. O cesto, cama e zonas de descanso, tais como carpetes e sofás, devem ser tratados

com um inseticida adequado e devem se aspirados regularmente.

4.6. Reacções adversas (frequência e gravidade)

Podem ocorrer reações de hipersensibilidade cutânea.

4.7. Utilização durante a gestação, a lactação e a postura de ovos

Não administrar a fêmeas em lactação.

4.8. Interacções medicamentosas e outras formas de interacção:

Não administrar com outros inibidores da colinesterase.

Não administrar simultaneamente com fármacos depressores do SNC, como a fenotiazina.

4.9. Posologia e via de administração

Exclusivamente para uso externo. Via Tópica.

Agitar antes de usar.

Molhar o animal com água tépida. Aplicar o champô em pequenas quantidades em diferentes

locais da pele. Massajar espalhando bem o champô sobre todo o corpo do animal. Deixar atuar

entre 5 a 10 minutos. Remover todo o shampoo com água tépida em abundância. Repetir o

tratamento se necessário.

4.10. Sobredosagem (sintomas, procedimentos de emergência, antídotos), (se necessário)

O modo de utilização do medicamento veterinário torna improvável uma intoxicação por

sobredosagem. No caso de se produzirem sintomas de intoxicação colinérgica (hipersalivação,

vómitos, lacrimejo ou dificuldade respiratória) administrar a atropina e 2 – PAM.

4.11. Intervalo(s) de segurança

Direção Geral de Alimentação e Veterinária - DSMPUV

Verificado a 22 de Maio de 2012

Página 4 de 9

Não aplicável.

5.

PROPRIEDADES FARMACOLÓGICAS

Grupo farmacoterapêutico: Antiparasitários, Insecticidas e Repelentes.

Código ACT vet:

QP53AF03

5.1

Propriedades farmacodinâmicas

A tetrametrina é um peritrinoide que possui actividade antiparasitária contra os ectoparasitas. É

um veneno de contacto que atua por paralisia rápida do parasita seguido de uma excitação

muscular e convulsões. Desta forma produz um efeito de choque seguido de um efeito mortal

5.2

Propriedades farmacocinéticas

A tetrametrina é um insecticida não sistémico que atua à superfície da pele do animal.

6.

INFORMAÇÕES FARMACÊUTICAS

6.1

Lista de excipientes

Lauril sulfato de sódio ,

Betaína cocamidopropyl

Cocoamida dietanolamina

Cloreto de sódio ,

Propileno glicol,

Glicerol ,

Metilparabeno ,

Ácido cítrico

Água

6.2

Incompatibilidades

O medicamento veterinário é incompatível com alcalinos ou substâncias alcalinas, tais como o

amoníaco, carbonato sódico, calda sulfocálcica e arseniato de cálcio.

6.3

Prazo de validade

Prazo de validade do medicamento veterinário tal como embalado para venda.: 2 anos

Prazo de validade após a primeira abertura do acondicionamento primário: Utilização imediata

6.4

Precauções especiais de conservação

Conservar na embalagem de origem

6.5

Natureza e composição do acondicionamento primário

Caixa de cartão com uma embalagem tipo PET de 250 ml e 1 L.

6.6. Precauções especiais de eliminação de medicamentos veterinários não utilizados ou

dos seus desperdícios derivados da utilização desses medicamentos

Direção Geral de Alimentação e Veterinária - DSMPUV

Verificado a 22 de Maio de 2012

Página 5 de 9

O medicamento veterinário não utilizado ou os seus resíduos devem ser eliminados de acordo

com a legislação em vigor. O medicamento veterinário não deve ser eliminado nos cursos de

água, porque pode constituir perigo para peixes e outros organismos aquáticos.

7. TITULAR DA AUTORIZAÇÃO DE INTRODUÇÃO NO MERCADO

LOBATO & CARVALHO LDA.

Rua João Iteperano Duarte 17

Codigo postal 2790 -368 Queijas

8. NÚMERO (S) DA AUTORIZAÇÃO DE INTRODUÇÃO NO MERCADO

553/01/12NFVPT

9. DATA DA PRIMEIRA AUTORIZAÇÃO/RENOVAÇÃO DA AUTORIZAÇÃO

24 de Maio de 2012

10. DATA DA REVISÃO DO TEXTO

PROIBIÇÃO DE VENDA, DISTRIBUIÇÃO E/OU UTILIZAÇÃO

MEDICAMENTO NÃO SUJEITO A RECEITA MÉDICO-VETERINÁRIA

Direção Geral de Alimentação e Veterinária - DSMPUV

Verificado a 22 de Maio de 2012

Página 6 de 9

ROTULAGEM

Direção Geral de Alimentação e Veterinária - DSMPUV

Verificado a 22 de Maio de 2012

Página 7 de 9

1.

NOME DO MEDICAMENTO VETERINÁRIO

Lobcar Shampoo antiparasitário para cães e gatos

2.

DESCRIÇÃO DAS SUBSTÂNCIAS ACTIVAS E OUTRAS SUBSTÂNCIAS

Substância Ativa:

Para 100ml de shampoo

Tetrametrina 0,1%

3.

FORMA FARMACÊUTICA

Champô antiparasitário

4.

DIMENSÃO DA EMBALAGEM

250 ml

5.

ESPÉCIES-ALVO

Cães e Gatos

6.

INDICAÇÃO (INDICAÇÕES)

Tratamento de parasitoses externas cães e gatos, causadas por pulgas (Ctenocephalides canis; C.

felis; Pulex irritans) e piolhos (Linognathus spp ). Prevenção das infestações causadas por

carraças (Dermacentor variabilis, Otobious megnini e Rhipicephalus sanguineus).

7.

MODO E VIA(S) DE ADMINISTRAÇÃO

Exclusivamente para uso externo. Via Tópica.

Agitar antes de usar.

Molhar o animal com água tépida. Aplicar o champô em pequenas quantidades em diferentes

locais da pele. Massajar espalhando bem o champô sobre todo o corpo do animal. Deixar atuar

entre 5 a 10 minutos. Remover todo o shampoo com água tépida em abundância. Repetir o

tratamento se necessário.

8.

INTERVALO DE SEGURANÇA

Não aplicável

9.

ADVERTÊNCIA(S) ESPECIAL (ESPECIAIS), SE NECESSÁRIO

Contra-indicações

Não administrar em animais doentes ou em convalescência.

Não administrar em animais com menos de 6 meses.

Direção Geral de Alimentação e Veterinária - DSMPUV

Verificado a 22 de Maio de 2012

Página 8 de 9

Não aplicar o medicamento veterinário em caso de hipersensibilidade á substância activa ou a

qualquer um dos excipientes.

Advertências especiais para cada espécie-alvo

As pulgas dos animais de estimação, muitas vezes infestam as camas dos animais, roupas de

cama e áreas de repouso, como tapetes e decorações, que devem ser tratados com um inseticida

adequado e aspirados regularmente.

Se os sinais da infestação persistirem, consultar um médico veterinário.

Precauções especiais de utilização

Precauções especiais para utilização em animais

Exclusivamente para uso externo.

Não engolir

Evitar o contacto com os olhos e o nariz do animal.

Este pode produzir irritação local se aplicado nos olhos ou no focinho. Lavar com água

abundante.

Precauções especiais a adoptar pela pessoa que administra o medicamento aos animais

Usar luvas ou lavar as mãos com água ensaboada após manipular o medicamento veterinário.

Não comer, beber nem fumar durante a sua manipulação.

Manter afastado dos alimentos e bebidas.

Manter fora do alcance das crianças.

Em caso de auto-administração, ingestão, derrame sobre a pele acidental, dirija-se mediatamente

a um médico e mostre-lhe o folheto informativo ou o rótulo.

As pessoas com hipersensibilidade conhecida à substância ativa devem evitar o contacto com o

medicamento veterinário, administrar o medicamento com precaução.

Não utilizar outro inseticida simultaneamente com o shampoo

Outras precauções

Para um ótimo controlo das pulgas, o medicamento veterinário deve ser utilizado como parte

integrante de um programa de controlo destinado a reduzir a população de parasitas no ambiente

do animal. O cesto, cama e zonas de descanso, tais como carpetes e sofás, devem ser tratados

com um inseticida adequado e devem se aspirados regularmente.

Reacções adversas (frequência e gravidade)

Podem ocorrer reações de hipersensibilidade cutânea.

Utilização durante a gestação, a lactação e a postura de ovos

Não administrar a fêmeas em lactação.

Interacções medicamentosas e outras formas de interacção:

Não administrar com outros inibidores da colinesterase.

Não administrar simultaneamente com fármacos depressores do SNC, como a fenotiazina.

10.

PRAZO DE VALIDADE

VAL 2 anos

Depois da primeira abertura da embalagem: Utilização imedidata

11.

CONDIÇÕES ESPECIAIS DE CONSERVAÇÃO

Direção Geral de Alimentação e Veterinária - DSMPUV

Verificado a 22 de Maio de 2012

Página 9 de 9

Conservar na embalagem original

12.

PRECAUÇÕES ESPECIAIS DE ELIMINAÇÃO DO MEDICAMENTO NÃO

UTILIZADO OU DOS SEUS DESPERDÍCIOS, SE FOR CASO DISSO

O medicamento veterinário não utilizado ou os seus resíduos devem ser eliminados de acordo

com a legislação em vigor. O medicamento veterinário não deve ser eliminado nos cursos de

água, porque pode constituir perigo para peixes e outros organismos aquáticos

13.

MENÇÃO “EXCLUSIVAMENTE PARA USO VETERINÁRIO” E CONDIÇÕES

OU RESTRIÇÕES RELATIVAS AO FORNECIMENTO E À UTILIZAÇÃO, se

for caso disso

Exclusivamente para uso veterinário

Medicamento veterinário não sujeito a receita médico veterinária.

14.

MENÇÃO “MANTER FORA DO ALCANCE E DA VISTA DAS CRIANÇAS”

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

15.

NOME E ENDEREÇO DO TITULAR DA AUTORIZAÇÃO DE INTRODUÇÃO

NO MERCADO

LOBATO & CARVALHO LDA.

Rua João Iteperano Duarte 17

Codigo postal 2790 -368 Queijas

Fabricante responsável pela libertação do lote

Laboratoires Veterinaire

Avenue Pierre et Marie Curie

06700 SAINT LAURENT DU VAR

France

16.

NÚMERO(S) DE REGISTO DA AUTORIZAÇÃO DE INTRODUÇÃO NO

MERCADO

553/01/12NFVPT

17.

NÚMERO DO LOTE DE FABRICO

<Lote> {número}

Produtos Similares

Pesquisar alertas relacionados a este produto

Ver histórico de documentos

Compartilhe esta informação