Cinacalcet Accord 60 mg Comprimido revestido por película

Portugal - português - INFARMED (Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde)

Compre agora

Ingredientes ativos:
Cinacalcet
Disponível em:
Accord Healthcare, S.L.U.
Código ATC:
H05BX01
DCI (Denominação Comum Internacional):
Cinacalcet
Dosagem:
60 mg
Forma farmacêutica:
Comprimido revestido por película
Composição:
Cinacalcet, cloridrato 66.12 mg
Via de administração:
Via oral
Classe:
9.6.5 - Outros
Tipo de prescrição:
MSRM Medicamento sujeito a receita médica
Grupo terapêutico:
Genérico
Área terapêutica:
cinacalcet
Indicações terapêuticas:
Duração do Tratamento: Longa Duração
Resumo do produto:
Blister 14 unidade(s) Não Comercializado Número de Registo: 5711072 CNPEM: 50107186 CHNM: 10065441 Grupo Homogéneo: N/A; Blister 28 unidade(s) Não Comercializado Número de Registo: 5711106 CNPEM: 50107194 CHNM: 10065441 Grupo Homogéneo: N/A
Status de autorização:
Autorizado
Número de autorização:
FI/H/0869/002/E/001
Data de autorização:
2017-03-16

Leia o documento completo

APROVADO EM

16-03-2017

INFARMED

Folheto informativo: Informação para o utilizador

Cinacalcet Accord 30 mg comprimidos revestidos por película

Cinacalcet Accord 60 mg comprimidos revestidos por película

Cinacalcet Accord 90 mg comprimidos revestidos por película

Cinacalcet

Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento, pois contém

informação importante para si.

Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o ler novamente.

Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro.

Este medicamento foi receitado apenas para si. Não deve dá-lo a outros. O medicamento pode

ser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sinais de doença.

Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não indicados

neste folheto, fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro. Ver secção 4.

O que contém este folheto:

O que é Cinacalcet Accord e para que é utilizado

O que precisa de saber antes de tomar Cinacalcet Accord

Como tomar Cinacalcet Accord

Efeitos secundários possíveis

Como conservar Cinacalcet Accord

Conteúdo da embalagem e outras informações

O que é Cinacalcet Accord e para que é utilizado

Cinacalcet Accord atua controlando os níveis de hormona paratiroideia (PTH), cálcio e fósforo

no seu organismo. Destina-se ao tratamento de doenças causadas por órgãos chamados

glândulas paratiroides. As paratiroides são quatro glândulas pequenas situadas no

pescoço, junto da glândula tiroide, que produzem a hormona paratiroideia (PTH).

Cinacalcet Accord é utilizado:

para tratar o hiperparatiroidismo secundário em doentes com insuficiência renal grave que

necessitam de diálise para limpar o seu sangue de produtos resultantes do metabolismo.

para reduzir níveis elevados de cálcio no sangue (hipercalcemia) em doentes com cancro da

paratiroide.

para reduzir níveis elevados de cálcio no sangue (hipercalcemia) em doentes com

hiperparatiroidismo primário que ainda têm níveis elevados de cálcio após a remoção da

glândula paratiróide ou quando a remoção da glândula não é possível.

No hiperparatiroidismo primário e secundário a hormona paratiroideia é produzida em excesso

APROVADO EM

16-03-2017

INFARMED

pelas glândulas paratiroideias. “Primário” significa que o hiperparatiroidismo não é

causado por qualquer outra condição e “secundário” significa que o hiperparatiroidismo é

provocado por outra condição, por exemplo, doença renal. Tanto o hiperparatiroidismo

primário como o secundário podem levar à perda de cálcio nos ossos, que poderá originar

dores e fraturas ósseas, problemas sanguíneos e dos vasos sanguíneos, pedra no rim,

doença mental e coma.

O que precisa de saber antes de tomar Cinacalcet Accord

Não tome Cinacalcet Accord:

se tem alergia ao cinacalcet ou a qualquer outro componente deste medicamento (indicados na

secção 6).

Advertências e precauções

Fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro antes de tomar Cinacalcet Accord.

Antes de iniciar o tratamento com Cinacalcet Accord, comunique ao seu médico se tem ou

alguma vez teve:

convulsões (ataques). O risco de ter convulsões é maior se já tiver tido anteriormente;

problemas de fígado;

insuficiência cardíaca.

Foram notificados acontecimentos que colocam a vida em risco e acontecimentos com um

desfecho fatal associados com baixos níveis de cálcio (hipocalcemia) em doentes tratados

com cinacalcet.

Níveis baixos de cálcio podem ter um efeito no seu ritmo cardíaco. Informe o seu médico caso

sinta um batimento cardíaco anormalmente rápido ou acelerado, se tem problemas de

ritmo cardíaco, ou se toma medicamentos conhecidos por causar problemas no ritmo

cardíaco, enquanto estiver a tomar cinacalcet.

Para informações adicionais consulte a secção 4.

Durante o tratamento com Cinacalcet Accord, comunique ao seu médico:

se começar ou parar de fumar, uma vez que este facto pode afetar o modo como cinacalcet atua.

Crianças e adolescentes

Crianças com menos de 18 anos não devem tomar Cinacalcet Accord.

Outros medicamentos e Cinacalcet Accord

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar, tiver tomado recentemente, ou se vier

APROVADO EM

16-03-2017

INFARMED

a tomar outros medicamentos.

Comunique ao seu médico se estiver a tomar os seguintes medicamentos.

Medicamentos como estes podem afetar a forma como Cinacalcet Accord atua:

medicamentos utilizados para tratar a pele e infeções fúngicas (cetoconazol, itraconazol e

voriconazol);

medicamentos utilizados para tratar infeções bacterianas (telitromicina, rifampicina e

ciprofloxacina);

um medicamento (ritonavir) utilizado para tratar a infeção por VIH e a doença SIDA.

um medicamento para tratar depressão (fluvoxamina).

Cinacalcet Accord pode afetar a forma de atuar de medicamentos como os seguintes:

medicamentos utilizados para tratar a depressão (amitriptilina, desipramina, nortriptilina, e

clomipramina);

medicamentos utilizados para tratar arritmias (flecainida e propafenona);

medicamentos utilizados para tratar a hipertensão arterial (metoprolol).

Cinacalcet Accord com alimentos e bebidas

Cinacalcet Accord deve ser tomado com alimentos ou logo após as refeições.

Gravidez, amamentação e fertilidade

Se está grávida ou a amamentar, se pensa estar grávida ou planeia engravidar, consulte o seu

médico ou farmacêutico antes de tomar este medicamento.

Cinacalcet Accord não foi testado em mulheres grávidas. Em caso de gravidez, o seu médico

pode optar pela modificação da sua terapêutica, já que cinacalcet poderá lesar o bebé

antes de nascer.

Desconhece-se se cinacalcet é excretado no leite materno. O seu médico irá discutir consigo a

hipótese de interromper a amamentação ou o tratamento com Cinacalcet Accord.

Condução de veículos e utilização de máquinas

Não foram estudados os efeitos sobre a capacidade de conduzir e utilizar máquinas. Tonturas e

convulsões foram notificadas por doentes a tomar cinacalcet. Se sofrer algum destes

efeitos, a sua capacidade de conduzir ou utilizar máquinas pode ser afetada.

Cinacalcet Accord contém lactose

Se lhe foi comunicado pelo seu médico que tem uma intolerância a algum açúcar, consulte o seu

médico antes de tomar este medicamento.

APROVADO EM

16-03-2017

INFARMED

Como tomar Cinacalcet Accord

Tome sempre este medicamento de acordo com as indicações do médico ou farmacêutico.

Consulte o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas. O seu médico dir-lhe-á a

quantidade de cinacalcet que deverá tomar.

Cinacalcet Accord deve ser tomado oralmente, com alimentos ou logo após as refeições. Os

comprimidos devem ser tomados inteiros e não devem ser divididos.

O seu médico irá pedir análises de sangue regulares durante o tratamento para monitorizar o seu

progresso e ajustará a dose se necessário.

Se está a ser tratado para hiperparatiroidismo secundário

A dose inicial habitual de Cinacalcet Accord é 30 mg (um comprimido) uma vez por dia.

Se está a ser tratado para carcinoma das paratiroides ou hiperparatiroidismo primário

A dose inicial habitual de Cinacalcet Accord é 30 mg (um comprimido) duas vezes por dia.

Se tomar mais Cinacalcet Accord do que deveria

Se tomar uma dose excessiva de Cinacalcet Accord deve contactar de imediato o seu médico.

Possíveis sinais de sobredosagem incluem dormência ou formigueiro à volta da boca,

dores musculares ou cãibras e convulsões.

Caso se tenha esquecido de tomar Cinacalcet Accord

Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

Se esqueceu uma dose de Cinacalcet Accord deve tomar a dose seguinte como normalmente.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico,

farmacêutico ou enfermeiro.

Efeitos secundários possíveis

Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos secundários, embora estes

não se manifestem em todas as pessoas.

Se começar a sentir dormência ou formigueiro à volta da boca, dores musculares ou cãibras e

convulsões deverá comunicar o facto ao seu médico de imediato. Estes sinais poderão

significar que o seu nível de cálcio está muito baixo (hipocalcemia).

Muito frequentes: podem afetar mais de 1 em 10 pessoas:

náuseas e vómitos, estes efeitos secundários são normalmente muito suaves e transitórios.

APROVADO EM

16-03-2017

INFARMED

Frequentes: podem afetar até 1 em 10 pessoas:

tonturas

sensação de formigueiro ou picadas (parestesias)

perda(anorexia) ou diminuição do apetite

dores musculares (mialgias)

fraqueza (astenia)

erupções cutâneas

redução dos níveis de testosterona.

níveis elevados de potássio no sangue (hipercalemia)

reações alérgicas (hipersensibilidade)

dor de cabeça

ataques (convulsões)

tensão arterial baixa (hipotensão)

infeção das vias respiratórias superiores

dificuldade em respirar (dispneia)

tosse

indigestão (dispepsia)

diarreia

dor abdominal e dor abdominal superior

prisão de ventre

espasmos musculares

dor nas costas

níveis baixos de cálcio no sangue (hipocalcemia)

Desconhecidos: a frequência não pode ser estimada a partir

dos dados disponíveis:

Erupção da pele com comichão (urticária)

Inchaço da cara, lábios, boca, língua ou garganta que pode causar dificuldade a engolir ou

respirar (angioedema)

Batimento cardíaco anormalmente rápido ou acelerado, que pode estar associado com níveis

baixos de cálcio no seu sangue (prolongamento do intervalo QT e arritmia ventricular

secundária à hipocalcemia).

Após tomar Cinacalcet Accord, um número muito pequeno de doentes com insuficiência

cardíaca agravou a sua situação e/ou baixou a tensão arterial (hipotensão).

Crianças e adolescentes

Não foi estabelecido o uso de Cinacalcet Accord em crianças e adolescentes. Foi notificado um

caso fatal num doente adolescente com níveis muito baixos de cálcio no sangue

(hipocalcemia) a participar num ensaio clínico.

Comunicação de efeitos secundários

Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não

indicados neste folheto, fale com o seu médico ou enfermeiro. Também poderá

APROVADO EM

16-03-2017

INFARMED

comunicar efeitos secundários diretamente ao INFARMED, I.P. através dos contactos

abaixo.

comunicar

efeitos

secundários,

estará

ajudar

fornecer

mais

informações sobre a segurança desde medicamento.

INFARMED, I.P.

Direção de Gestão do Risco de Medicamentos

Parque da Saúde de Lisboa, Av. Brasil 53

1749-004 Lisboa

Tel: +351 21 798 73 73

Linha do Medicamento: 800222444 (gratuita)

Fax: + 351 21 798 73 97

Sítio da internet:

http://extranet.infarmed.pt/page.seram.frontoffice.seramhomepage

E-mail:

farmacovigilancia@infarmed.pt

Como conservar Cinacalcet Accord

Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Não utilize este medicamento após o prazo de validade impresso na embalagem exterior e no

blister após VAL. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Este medicamento não necessita de condições especiais de conservação.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu

farmacêutico como deitar fora os medicamentos de que já não necessita. Estas medidas

irão ajudar a proteger o ambiente.

Conteúdo da embalagem e outras informações

Qual a composição de Cinacalcet Accord

A substância ativa é o cinacalcet. Cada comprimido revestido contém 30 mg, 60 mg ou 90 mg

de cinacalcet (como cloridrato).

Os outros componentes são lactose monohidratada, celulose microcristalina, amido pré-

gelificado, crospovidona, estearato de magnésio e talco.

Os comprimidos são revestidos com SheffCoat verde (contendo hipromelose, dióxido de titânio

(E171), lactose monohidratada, triacetina, óxido de ferro amarelo (E172) e laca de

alumínio de indigotina (E132)).

Qual o aspeto de Cinacalcet Accord e conteúdo da embalagem

Cinacalcet Accord é apresentado em comprimidos verde-claros revestidos por película. De

forma oval, têm gravado de um lado “C” e, do outro lado, “30”, “60” ou “90”.

APROVADO EM

16-03-2017

INFARMED

Cinacalcet Accord está disponível em blisters de comprimidos revestidos por película de 30 mg,

60 mg ou 90 mg. Cada embalagem de blisters contém 14, 28 ou 84 comprimidos por

caixa.

É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Titular da Autorização de Introdução no Mercado

Accord Healthcare Limited

Sage House, 319 Pinner Road, North Harrow,

Middlesex, HA1 4HF

Reino Unido

Fabricante:

GE Pharmaceuticals Ltd.

Industrial Zone, Chekanitza South Area

Botevgrad, 2140

Bulgária

S.C. Polisano Pharmaceuticals, S.R.L

Alba Iulia Street 156,

550052 Sibiu, Sibiu County

Roménia

Este folheto informativo foi revisto pela última vez em

Leia o documento completo

APROVADO EM

16-03-2017

INFARMED

RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO

1. NOME DO MEDICAMENTO

Cinacalcet Accord 30 mg comprimidos revestidos por película.

Cinacalcet Accord 60 mg comprimidos revestidos por película.

Cinacalcet Accord 90 mg comprimidos revestidos por película.

2. COMPOSIÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA

Cada comprimido contém 30 mg de cinacalcet (como cloridrato).

Cada comprimido contém 60 mg de cinacalcet (como cloridrato).

Cada comprimido contém 90 mg de cinacalcet (como cloridrato).

Excipientes com efeito conhecido:

Cada comprimido de 30 mg contém 67,2 mg de lactose monohidratada.

Cada comprimido de 60 mg contém 134,3 mg de lactose monohidratada.

Cada comprimido de 90 mg contém 202,0 mg de lactose monohidratada.

Lista completa de excipientes, ver secção 6.1.

3. FORMA FARMACÊUTICA

Comprimido revestido por película.

Comprimido revestido por película, biconvexo, verde-claro, oval, com 9,6-10,0 mm

de comprimento, com “C” gravado de um lado e “30” do outro.

Comprimido revestido por película, biconvexo, verde-claro, oval, com 12,3-12,7 mm

de comprimento, com “C” gravado de um lado e “60” do outro.

Comprimido revestido por película, biconvexo, verde-claro, oval, com 14,05-14,45

mm de comprimento, com “C” gravado de um lado e “90” do outro.

4. INFORMAÇÕES CLÍNICAS

4.1 Indicações terapêuticas

Tratamento do hiperparatiroidismo (HPT) secundário em doentes com insuficiência

renal crónica (IRC), em fase terminal, em diálise.

Cinacalcet Accord pode ser usado como parte de um regime terapêutico, que inclua

captadores de fósforo e/ou esteróis de Vitamina D, se adequado (ver secção 5.1).

Redução da hipercalcemia em doentes com:

carcinoma da paratiroide.

hiperparatiroidismo primário com indicação para paratiroidectomia com base nos

valores

séricos

cálcio

(conforme

estabelecido

orientações

terapêuticas

APROVADO EM

16-03-2017

INFARMED

aplicáveis), mas nos quais a indicação para paratiroidectomia não é clinicamente

adequada ou é contraindicada.

4.2 Posologia e modo de administração

Posologia

Hiperparatiroidismo secundário

Adultos e idosos (> 65 anos)

A dose inicial recomendada para adultos é de 30 mg uma vez por dia. Cinacalcet

Accord deve ser ajustado a cada 2 a 4 semanas até à dose máxima de 180 mg uma

vez por dia para atingir, um valor de hormona paratiroideia (PTH) entre 150-300

pg/ml (15,9-31,8 pmol/l) no teste da PTH intacta (iPTH), em doentes dialisados. Os

valores da PTH devem ser analisados pelo menos 12 horas após a dose de Cinacalcet

Accord. Deverão ter-se em conta as atuais normas orientadoras de tratamento.

A PTH deve ser medida 1 a 4 semanas após o início ou quando do ajuste de dose de

Cinacalcet Accord. A PTH deve ser monitorizada aproximadamente a cada 1-3 meses

durante a manutenção. Tanto a PTH intacta (iPTH) como a PTH bio-intacta (biPTH)

podem ser utilizadas para medir os níveis de PTH; o tratamento com cinacalcet não

altera a relação entre a iPTH e a biPTH.

Durante o ajuste da dose, os níveis de cálcio sérico devem ser monitorizados

frequentemente, e dentro

de 1 semana após o início de Cinacalcet Accord ou

quando do ajuste de dose. Uma vez estabelecida a dose de manutenção, o cálcio

sérico deve ser medido aproximadamente uma vez por mês. Se os níveis séricos de

cálcio descerem abaixo do valor normal, devem ser tomadas medidas apropriadas,

incluindo ajustes na medicação concomitante (ver secção 4.4).

População pediátrica

A utilização de Cinacalcet Accord não está indicada em crianças e adolescentes

devido a dados insuficientes de segurança e eficácia (ver secção 4.4).

Carcinoma da paratiroide e hiperparatiroidismo primário

Adultos e idosos (> 65 anos)

A dose inicial de Cinacalcet Accord recomendada para adultos é de 30 mg duas vezes

por dia. A dose de Cinacalcet Accord deve ser ajustada a cada 2 a 4 semanas

através de doses sequenciais de 30 mg duas vezes por dia, 60 mg duas vezes por

dia, 90 mg duas vezes por dia, e 90 mg três ou quatro vezes por dia, de acordo com

o necessário para reduzir a concentração de cálcio sérico ou para atingir valores

abaixo do limite máximo. A dose máxima utilizada em ensaios clínicos foi de 90 mg

quatro vezes por dia.

O cálcio sérico deve ser medido dentro de 1 semana após iniciar ou após ajustar a

dose de Cinacalcet Accord. Uma vez estabelecida a dose de manutenção, o cálcio

sérico deve ser medido a cada 2 a 3 meses.

Após ajuste para a concentração máxima de Cinacalcet Accord, o cálcio sérico deve

ser periodicamente

monitorizado; se não forem mantidas reduções no cálcio sérico

APROVADO EM

16-03-2017

INFARMED

clinicamente relevantes, deve ser

considerada a interrupção da terapêutica com

Cinacalcet Accord (ver secção 5.1).

População pediátrica

A utilização de Cinacalcet Accord não está indicada em crianças e adolescentes

devido a dados insuficientes de segurança e eficácia (ver secção 4.4).

Compromisso hepático

Não são necessárias alterações na dose inicial. Cinacalcet Accord deve ser usado com

cuidado em doentes com compromisso hepático moderado a severo e o tratamento

deve ser cuidadosamente monitorizado durante o ajuste de dose e a manutenção do

tratamento (ver secções 4.4 e 5.2).

Modo de administração

Para utilização por via oral. É recomendado que cinacalcet seja tomado com

alimentos

logo

após

refeição,

dado

estudos

demonstraram

biodisponibilidade

cinacalcet

aumenta

quando

tomado

juntamente

alimentos (ver secção 5.2). Os comprimidos devem ser tomados inteiros e não

divididos.

4.3 Contraindicações

Hipersensibilidade à substância ativa ou a qualquer um dos excipientes mencionados

na secção 6.1.

4.4 Advertências e precauções especiais de utilização

Cálcio sérico

O tratamento com Cinacalcet Accord não deve ser iniciado em doentes com cálcio

sérico (corrigido para a albumina) abaixo do limite inferior ao normal.

Foram notificados acontecimentos que colocam a vida em risco e acontecimentos

com um desfecho

fatal associados com a hipocalcemia em doentes adultos e

pediátricos tratados com cinacalcet. As manifestações de hipocalcemia podem incluir

parestesias, mialgias, cãibras, tetania e convulsões.

Diminuições do cálcio sérico poderão também prolongar o intervalo QT, resultando

potencialmente

numa

arritmia

ventricular.

Têm

sido

notificados

casos

prolongamento do intervalo QT e arritmia ventricular secundária à hipocalcemia em

doentes tratados com cinacalcet (ver secção 4.8). Aconselha-se precaução em

doentes com outros fatores de risco para o prolongamento do intervalo QT, tais

como doentes com síndroma de QT longo congénita conhecida ou doentes tratados

com medicamentos conhecidos por causar prolongamento do intervalo QT.

Uma vez que o cinacalcet baixa o cálcio sérico, os doentes devem ser monitorizados

cuidadosamente para a ocorrência de hipocalcemia (ver secção 4.2). O cálcio sérico

deve ser medido 1 semana após o início ou ajuste da dose de Cinacalcet Accord. O

cálcio sérico deve ser medido aproximadamente mensalmente, assim que a dose de

manutenção tenha sido estabelecida.

APROVADO EM

16-03-2017

INFARMED

Se o cálcio sérico descer abaixo de 8,4 mg/dl (2,1 mmol/l) e/ou se

ocorrerem

sintomas de hipocalcemia são recomendadas as seguintes ações:

Valor do cálcio sérico ou sintomas clínicos

de hipocalcemia

Recomendações

< 8,4 mg/dl (2,1 mmol/l) e >7,5 mg/dl

(1,9 mmol/l), ou na presença de sintomas

clínicos de hipocalcemia

Para

aumentar

cálcio

sérico

podem

utilizados

captadores

fósforo

cálcio,

esteróis

vitamina

e/ou

ajustes

concentração de cálcio do dialisante, de acordo

com a avaliação clínica.

< 8,4 mg/dl (2,1 mmol/l) e > 7,5 mg/dl

(1,9 mmol/l) ou sintomas persistentes de

hipocalcemia, apesar das tentativas para

aumentar o cálcio sérico

Reduzir-se

dose

suspender-se

administração de cinacalcet.

≤ 7,5 mg/dl (1,9 mmol/l) ou sintomas

persistentes de hipocalcemia e se a dose

de vitamina D não poder ser aumentada

Suspender a administração de Cinacalcet Accord

até os níveis

de cálcio sérico atingirem 8,0

mg/dl

(2,0

mmol/l)

e/ou

sintomas

hipocalcemia terem desaparecido.

O tratamento deve ser reiniciado com a dose

seguinte mais baixa de cinacalcet.

doentes

diálise

quem

administrado

cinacalcet,

aproximadamente 30% dos doentes tiveram pelo menos um valor de cálcio sérico

inferior a 7,5 mg / dl (1,9 mmol/l).

Cinacalcet não está indicado em doentes com IRC que não estão em diálise. Estudos

de investigação demonstraram que doentes com IRC que não estão em diálise e

tratados com cinacalcet têm um aumento do risco de hipocalcemia (valores de cálcio

sérico < 8,4 mg/dl [2,1 mmol/l]) quando

comparados com doentes com IRC

tratados com cinacalcet e que estão em diálise, o que pode ser devido a um valor de

cálcio basal mais baixo e/ou à presença de função renal residual.

Convulsões

Em ensaios clínicos foram observadas convulsões em 1,4% dos doentes tratados

com cinacalcet e 0,7% dos doentes tratados com placebo. Apesar da razão para a

diferença relatada na taxa de ocorrência de convulsões não ser clara, o limiar

convulsivante é diminuído pelas reduções significativas dos níveis

séricos de cálcio.

Hipotensão e/ou agravamento da insuficiência cardíaca

Durante a monitorização da segurança no período após comercialização, em doentes

insuficiência cardíaca, foram notificados casos isolados e idiossincráticos de

hipotensão e/ou agravamento da insuficiência cardíaca, em que a relação causal com

cinacalcet não pode ser completamente excluída e que poderão ser mediados pelas

reduções dos níveis de cálcio sérico. Dados

de ensaios clínicos mostraram que a

hipotensão ocorreu em 7% de doentes tratados com cinacalcet, 12% dos doentes

APROVADO EM

16-03-2017

INFARMED

tratados com placebo e a insuficiência cardíaca ocorreu em 2% dos doentes que

receberam cinacalcet ou placebo.

Geral

O desenvolvimento de doença óssea adinâmica pode ocorrer se os níveis de PTH se

mantiverem

cronicamente suprimidos abaixo de aproximadamente 1,5 vezes o

limite superior do normal

relativamente à determinação de iPTH. Se os níveis de

PTH descerem abaixo dos intervalos

recomendados em doentes tratados com

cinacalcet, a dose de Cinacalcet Accord e/ou esteróis de vitamina D

deve ser

reduzida ou a terapêutica interrompida.

Níveis de Testosterona

Os níveis de testosterona estão habitualmente abaixo do intervalo normal em

doentes com doença renal em fase terminal. Num estudo clínico de doentes com IRC

em fase terminal em diálise, os níveis de testosterona livre diminuíram em média

31,3% nos doentes tratados com cinacalcet e 16,3% nos

doentes tratados com

placebo

após

meses

tratamento.

extensão

aberta

deste

estudo

demonstrou que ao longo de 3 anos não foram detetadas novas reduções dos níveis

de concentração de testosterona livre e total em doentes tratados com Cinacalcet

Accord.

significância

clínica

destas

reduções

testosterona

sérica

desconhecida.

Compromisso Hepático

Dada a possibilidade dos níveis plasmáticos de cinacalcet serem 2 a 4 vezes

superiores nos doentes com alterações hepáticas moderadas a severas (classificação

Child-Pugh),

Cinacalcet

Accord

deve

usado

cuidado

nestes

doentes,

devendo o tratamento ser cuidadosamente monitorizado (ver secções 4.2 e 5.2).

Lactose

Doentes com um problema hereditário raro de intolerância à galactose, a deficiência

de Lapp lactase

ou malabsorção de glucose-galactose não devem tomar este

medicamento.

4.5 Interações medicamentosas e outras formas de interação

Efeito de outros medicamentos no cinacalcet

Cinacalcet

metabolizado

parte

pela

enzima

CYP3A4.

administração

concomitante de 200 mg duas vezes ao dia de cetoconazol, um potente inibidor da

CYP3A4, causou um aumento aproximado de 2 vezes nos níveis do cinacalcet. Pode

ser necessário um ajuste da dose de Cinacalcet Accord se um doente a

fazer

cinacalcet

iniciar

suspender

tratamento

potente

inibidor

(ex:

cetoconazol,

itraconazol,

telitromicina,

voriconazol,

ritonavir)

indutor

(ex:

rifampicina) desta enzima (ver secção 4.4).

Dados in vitro indicam que o cinacalcet é em parte metabolizado pela CYP1A2. Fumar

induz a

CYP1A2; a depuração de cinacalcet observada foi 36-38 % superior em

fumadores quando comparada com não fumadores. O efeito de inibidores da CYP1A2

(ex: fluvoxamina, ciprofloxacina) nos valores

plasmáticos do cinacalcet não está

APROVADO EM

16-03-2017

INFARMED

estudado. O ajuste de dose pode ser necessário num doente que inicia ou pára de

fumar ou se inicia ou interrompe um tratamento concomitante com potentes

inibidores da CYP1A2.

Carbonato de cálcio: A administração concomitante de carbonato de cálcio (1500 mg

em dose única) não alterou a farmacocinética de cinacalcet.

Sevelâmero: A administração concomitante de sevelâmero (2400 mg três vezes ao

dia) não alterou a farmacocinética de cinacalcet.

Pantoprazol: A administração concomitante do pantoprazol (80 mg uma vez ao dia)

não alterou a farmacocinética de cinacalcet.

Efeito de cinacalcet noutros medicamentos

Medicamentos metabolizados pela enzima P450 2D6 (CYP2D6): Cinacalcet é um

potente inibidor da CYP2D6. Podem ser necessários ajustes de doses de medicações

concomitantes quando Cinacalcet Accord é

administrado com medicamentos com

janela terapêutica estreita, ajustados individualmente, que são

predominantemente

metabolisados pela CYP2D6 (ex. flecainida, propafenona, metoprolol,

desipramina,

nortriptilina, clomipramina).

Desipramina: A administração concomitante de 90 mg de cinacalcet uma vez ao dia

desipramina,

antidepressivo

tricíclico

metabolizado

primariamente

pelo

CYP2D6,

aumenta

significativamente

exposição

desipramina em 3,6 vezes (IC de 90% 3,0; 4,4) nos extensivos metabolizadores da

CYP2D6.

Varfarina: Doses orais múltiplas de cinacalcet não afetaram a farmacocinética ou

farmacodinâmica

(medida pelo tempo de protrombina e pelo fator de coagulação

VII) da varfarina.

A ausência de efeito de cinacalcet na farmacocinética da varfarina R e S e a ausência

de autoindução em doentes com administrações múltiplas indicam que o cinacalcet

não é indutor da CYP3A4, CYP1A2 ou CYP2C9 em seres humanos.

Midazolam: a coadministração por via oral de cinacalcet (90 mg) e midazolam (2

mg), um substrato

CYP3A4

CYP3A5,

não

alterou

a farmacocinética

midazolam.

Estes

dados

sugerem

cinacalcet

não

deve

alterar

farmacocinética

classes

medicamentos

metabolizados

pelas

CYP3A4

CYP3A5,

entre

quais

alguns

imunossupressores,

como

ciclosporina

tacrolimus.

4.6 Fertilidade, gravidez e aleitamento

Gravidez

Não há dados clínicos sobre a utilização de cinacalcet em mulheres grávidas. Estudos

em animais não

indicam quaisquer efeitos nefastos diretos no que respeita à

gravidez, parto, ou ao desenvolvimento pós-natal. Não foi observada toxicidade no

desenvolvimento embrionário/fetal em estudos com

fêmeas de rato e coelhas

gestantes com exceção da diminuição do peso corporal fetal em ratos com doses

APROVADO EM

16-03-2017

INFARMED

associadas a toxicidades maternas. (ver secção 5.3). Cinacalcet Accord só deve ser

usado durante a gravidez se o benefício potencial justificar o potencial risco para o

feto.

Amamentação

É desconhecido se o cinacalcet é excretado no leite humano. Cinacalcet é excretado

no leite de fêmeas de rato que amamentam com uma elevada taxa leite/plasma.

Após uma avaliação cuidadosa do

benefício/risco, deve ser tomada uma decisão

para suspender a amamentação ou o tratamento com Cinacalcet Accord.

Fertilidade

Não existem dados clínicos relacionados com os efeitos do cinacalcet na fertilidade.

Em estudos com animais não houve qualquer efeito na fertilidade.

4.7 Efeitos sobre a capacidade de conduzir e utilizar máquinas

Não foram estudados os efeitos sobre a capacidade de conduzir e utilizar máquinas.

Contudo algumas

reações adversas podem afetar a capacidade para conduzir e

utilizar máquinas (ver secção 4.8).

4.8 Efeitos indesejáveis

Resumo do perfil de segurança

Hiperparatiroidismo

secundário,

carcinoma

paratiróide

hiperparatiroidismo

primário

Com base em dados disponíveis de doentes que receberam cinacalcet em estudos

controlados com

placebo e estudos de braço único, as reações adversas mais

frequentemente notificadas foram náuseas e vómitos. Na maioria dos doentes, as

náuseas e vómitos foram de gravidade ligeira a moderada e de natureza passageira.

interrupção

terapêutica

como

resultado

efeitos

indesejáveis

principalmente devido a náuseas e vómitos.

Lista tabelar de reações adversas

As reações adversas, consideradas pelo menos possivelmente relacionadas com o

tratamento com cinacalcet em estudos controlados por placebo e estudos de braço

único, baseadas na evidência de causalidade, estão listadas abaixo e utilizando a

seguinte classificação: muito frequentes (≥ 1/10); frequentes (≥ 1/100 a < 1/10);

pouco frequentes (≥ 1/1.000 a < 1/100); raros (≥ 1/10.000 a < 1/1.000); muito

raros (< 1/10.000).

A incidência de reações adversas em estudos clínicos controlados e na experiência

após comercialização são:

Classes de sistemas de órgãos

MedDRA

Categoria de frequência

Reações adversas

Doenças

sistema

imunitário

Frequentes

Reações de hipersensibilidade

APROVADO EM

16-03-2017

INFARMED

Doenças do metabolismo e da

nutrição

Frequentes

Anorexia,

Diminuição

apetite

Doenças do sistema nervoso

Frequentes

Convulsões

Tonturas,

Parestesias, Cefaleias

Cardiopatias

Desconhecido

Agravamento

insuficiência

cardíaca

Prolongamento

intervalo

arritmia

ventricular

secundária

hipocalcemia

Vasculopatias

Frequentes

Hipotensão

Doenças

respiratórias,

torácicas e do mediastino

Frequentes

Infecção do trato respiratório

superior, Dispneia, Tosse

Doenças gastrointestinais

Muito frequentes

Náuseas, Vómitos

Frequentes

Dispepsia,

Diarreia,

abdominal,

abdominal

superior, Obstipação

Afeções dos tecidos cutâneos

e subcutâneos

Frequentes

Erupções cutâneas

Afeções musculosqueléticas e

dos tecidos conjuntivos

Frequentes

Mialgia, Espasmos musculares,

Dor nas costas

Perturbações

gerais

alterações

local

Frequentes

Astenia

Exames

complementares

diagnóstico

Frequentes

Hipocalcemia

Hipercalemia,

Redução

níveis

testosterona

ver secção 4.4

ver secção c

Descrição das reações adversas selecionadas

Reações de hipersensibilidade

Durante

utilização

cinacalcet

período

após

comercialização,

foram

identificadas reações de

hipersensibilidade, incluindo angioedema e urticária. As

frequências individuais, incluindo angioedema e urticária não podem ser calculadas a

partir dos dados disponíveis.

Hipotensão e/ou agravamento da insuficiência cardíaca

Durante a monitorização da segurança no período após comercialização, foram

notificados casos

idiossincráticos de hipotensão e/ou agravamento da insuficiência

cardíaca em doentes com insuficiência cardíaca e tratados com cinacalcet, cujas

frequências não podem ser calculadas a partir dos dados disponíveis.

Prolongamento do intervalo QT e arritmia ventricular secundária à hipocalcemia

Durante

utilização

cinacalcet

período

após

comercialização,

foram

identificados

casos

prolongamento

intervalo

arritmia

ventricular

APROVADO EM

16-03-2017

INFARMED

secundária à hipocalcemia, cujas frequências não podem ser calculadas a partir dos

dados disponíveis (ver secção 4.4).

População pediátrica

Cinacalcet não está indicado para uso em doentes pediátricos. A segurança e eficácia

de cinacalcet na população pediátrica não foram estabelecidas. Foi notificado um

caso fatal num doente com hipocalcemia grave a participar num ensaio clínico

pediátrico (ver secção 4.4).

Notificação de suspeitas de reações adversas

A notificação de suspeitas de reações adversas após a autorização do medicamento é

importante, uma vez que permite uma monitorização contínua da relação benefício-

risco do medicamento.

Pede-se aos profissionais de saúde que notifiquem quaisquer suspeitas de reações

adversas diretamente ao INFARMED, I.P.:

INFARMED, I.P.

Direção de Gestão do Risco de Medicamentos

Parque da Saúde de Lisboa, Av. Brasil 53

1749-004 Lisboa

Tel: +351 21 798 73 73

Linha do Medicamento: 800222444 (gratuita)

Fax: + 351 21 798 73 97

Sítio da internet:

http://extranet.infarmed.pt/page.seram.frontoffice.seramhomepage

E-mail: farmacovigilancia@infarmed.pt

4.9 Sobredosagem

Doses ajustadas até 300 mg uma vez por dia foram administradas com segurança

em doentes em diálise.

sobredosagem

cinacalcet

pode

conduzir

hipocalcemia.

caso

sobredosagem, devem ser

monitorizados os sinais e sintomas de hipocalcemia nos

doentes, e o tratamento deve ser sintomático e

de suporte. Uma vez que o

cinacalcet se liga fortemente às proteínas, a hemodiálise não é um tratamento eficaz

para a sobredosagem.

5. PROPRIEDADES FARMACOLÓGICAS

5.1 Propriedades farmacodinâmicas

Grupo farmacoterapêutico: 9.6.5. - Aparelho Locomotor. Medicamentos que atuam

no osso e no metabolismo do cálcio. OutrosCódigo ATC: H05BX01

Mecanismo de Ação

O recetor sensível ao cálcio da superfície celular da glândula paratiroide é o mais

importante regulador da secreção de PTH. Cinacalcet é um agente calcimimético que

baixa diretamente os níveis

de PTH pois aumenta a sensibilidade do recetor ao

APROVADO EM

16-03-2017

INFARMED

cálcio extracelular. A redução da PTH está associada a uma diminuição concomitante

dos níveis séricos de cálcio.

As reduções dos níveis de PTH correlacionam-se com as concentrações de cinacalcet.

Após ser atingido o estado estacionário, as concentrações séricas de cálcio mantêm-

se constantes ao longo do intervalo entre administrações.

Hiperparatiroidismo Secundário

Foram

conduzidos

três

ensaios

clínicos,

controlados

placebo,

dupla

ocultação, com duração de 6 meses, em doentes com IRC em fase terminal com HPT

secundário não controlado a fazer diálise (n=1136). As características demográficas

e basais foram representativas da população de doentes

dialisados com HTP

secundário. As concentrações de iPTH basais médias nos 3 estudos foram 733 e 683

pg/ml (77,8 e 72,4 pmol/l) para os grupos de cinacalcet e placebo, respetivamente.

66% dos doentes estavam a receber esteróis de vitamina D ao início do estudo, e >

estavam

receber

captadores

fósforo.

Foram

observadas

reduções

significativas na iPTH, no produto cálcio-fósforo

séricos (Ca x P), no cálcio, e no

fósforo nos doentes tratados com cinacalcet comparados com os doentes tratados

com placebo, recebendo terapêutica padrão, e os resultados foram consistentes nos

3 estudos. Em cada um dos estudos, a variável primária de eficácia (proporção de

doentes com uma iPTH ≤ 250 pg/ml (≤ 26,5 pmol/l)) foi alcançada por 41%, 46 %

e 35% dos doentes que receberam cinacalcet, comparados com 4%, 7% e 6% dos

doentes que receberam placebo. Aproximadamente 60% dos doentes tratados com

cinacalcet atingiram uma redução ≥

30% nos níveis

de iPTH e este efeito foi

consistente em todo o espectro de níveis basais de iPTH. As reduções médias no

produto Ca x P, no cálcio e no fósforo foram, respetivamente 14%, 7% e 8%.

Foram mantidas reduções na iPTH e Ca x P até aos 12 meses de tratamento.

Cinacalcet

diminuiu

níveis

iPTH

cálcio

fósforo,

independentemente dos níveis basais de iPTH ou Ca x P, da modalidade de diálise

(diálise peritoneal versus hemodiálise), da duração da diálise e do facto de terem ou

não sido administrados esteróis de vitamina D.

As reduções da PTH foram associadas a reduções não significativas dos marcadores

do metabolismo

ósseo (fosfatase alcalina óssea, N-telopéptido, turnover ósseo e

fibrose óssea). Em análises post-hoc de dados conjuntos de ensaios clínicos com

duração

meses,

estimativas

Kaplan-Meier

fratura

óssea

paratiroidectomia foram mais baixas no grupo cinacalcet comparadas com o grupo de

controlo.

Estudos de investigação em doentes com IRC e HPT secundário não submetidos a

diálise, indicaram que o cinacalcet reduz os níveis de PTH para valores semelhantes

aos dos doentes com IRC em fase terminal e HPT secundário dialisados. No entanto,

a eficácia, segurança, dose ótima e objetivos de tratamento não foram estabelecidos

para o tratamento em doentes insuficientes renais, em pré-diálise.

Estes estudos

sugerem que os doentes com IRC não dialisados tratados com cinacalcet têm um

risco acrescido para desenvolver hipocalcemia quando comparados com os doentes

com IRC em fase terminal dialisados, o que se pode dever a níveis basais de cálcio

mais baixos e/ou à presença de função renal residual.

Produtos Similares

Pesquisar alertas relacionados a este produto

Ver histórico de documentos

Compartilhe esta informação